Coliseu dos Recreios
ENTRE O CÉU E A TERRA - O MUSICAL SOBRE FÁTIMA
27 mai 2017
17:00 | 21:30
Detalhes Comprar
ENTRE O CÉU E A TERRA - O MUSICAL SOBRE FÁTIMA
ENTRE O CÉU E A TERRA O MUSICAL SOBRE FÁTIMA
1 | 2 | 3

ENTRE O CÉU E A TERRA - O MUSICAL SOBRE FÁTIMA

Teatro & Arte | Musical de 27 mai 2017 a 27 mai 2017 Entre o Céu e a Terra é o único musical oficial da Celebração do Centenário das Aparições de Fátima.

Encomendado pelo Santuário de Fátima, teve a sua estreia a 13 de outubro de 2016, no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima, e chega agora a Lisboa e Porto.

Lisboa: 27 de Maio - Coliseu de Lisboa
Porto: 3 de Junho - Coliseu Porto

Uma obra totalmente original, tanto pelo seu conteúdo como pela abordagem artística e com o objectivo de evocar o acontecimento e celebração das Aparições e da Mensagem de Fátima.

Para além de único, "Entre o Céu e a Terra" tem a responsabilidade de olhar Fátima nos nossos dias e fazer uma reflexão profunda. Uma sentida homenagem a todos os peregrinos, que pretende também tocar o coração do público e despertar valores como a solidariedade, paz, vida e oração.

Garanta já o seu lugar, num espetáculo inédito deste acontecimento que marcou o século XX
Ver mais »

ELZA SOARES

Música & Festivais | Concerto 03 jun 2017 às 21:30 Elza Soares vai regressar a Lisboa para se apresentar ao vivo no Coliseu dos Recreios a 3 de Junho próximo. Esse concerto sucede à triunfal apresentação no mesmo espaço no passado mês de Novembro, quando A Mulher do Fim do Mundo se revelou afinal de contas como a responsável por um dos mais altos momentos do Vodafone Mexfest.

À beira de completar 80 anos e com quase sete décadas de palcos e aplausos nos ombros, Elza é muito justamente apontada como uma lenda viva, uma força da natureza que sobreviveu a tragédias pessoais, ao desenrolar das décadas, às mil e uma transformações do mundo da música, como uma verdadeira relíquia que o presente aprendeu a amar.

No prestigiado Guardian escreveu-se que para Elza o tempo parece não pesar. A viúva da lenda dos relvados Garrincha, mãe aos 13 anos que teve que suportar a indiscritível dor de perder vários filhos, nascida no meio do samba numa favela do Rio, foi descoberta aos microfones da rádio pelo grande Ary Barroso e foi coroada raínha dos morros ainda os anos 50 não se tinham extinguido. Ao longo das décadas, esta mulher de armas viu-se aplaudida e criticada em igual medida, amada quando cantava e vilipendiada por, já viúva, ter voltado a casar com um homem divorciado. Cedo tinha dito que vinha do Planeta Fome, mas conheceu a glória nos grandes palcos da Europa e América. A BBC descreveu-a mesmo como a voz brasileira do século, em 1999.

Mas, na verdade, o século XX revelou-se pequeno para tão gigante talento. Em 2015, em São Paulo, sob a orientação do conceituado produtor Guilherme Kastrup, que se reuniu de talentos como Kiko Dinucci (Metá Metá) e jovens músicos do colectivo afro-beat Bixiga 70, Elza gravou o extraordinário A Mulher do Fim do Mundo, álbum distinguido como um dos melhores da safra desse ano por publicações de todo o mundo, do Guardian, ao Expresso, da Pitchfork à Blitz e daí ao New York Times. Nesse álbum, a voz eterna de Elza encontra a modernidade dos arranjos, as guitarras de arrojo rock, a electrónica cortante, e nas suas palavras sobre o abuso identifica-se um desejo de superação que nela nunca desapareceu.

São essas as canções com que Elza nos vai voltar a brindar. Canções de alegria e de dor. Canções como "Maria da Vila Matilde" em que a raínha garante "até ao fim eu vou cantar". Essa nobreza - de história e de voz, de vivência e alegria e sofrimento - vai voltar a sentir-se em palco num concerto certamente irrepetível e absolutamente imperdível. O New York Times garantia ao render-se aos seus pés que Elza continua indomável. São assim as forças da natureza. Nada as segura e ninguém lhes consegue escapar.
Ver mais »

SLAYER

Música & Festivais | Concerto 05 jun 2017 às 21:00 Primeira Parte: Rasgo

Ilustres representantes dos Big Four, ao lado dos Metallica, Megadeth e Anthrax, os líderes incontestados do thrash mais impiedoso regressam por fim a Lisboa para apresentar Repentless, o aclamado 11º registo de originais.

É certo e sabido que, mesmo no seio de um grupo com interesses em comum, as opiniões tendem a dividir-se quando chega a hora de discutir quais as bandas mais importantes ou definidoras de uma determinada época. Poucos são, no entanto, aqueles que se atrevem a questionar a relevância de um grupo como os SLAYER ou o impacto de discos como Reign In Blood, South Of Heaven ou Seasons In The Abyss, apenas três dos mais aplaudidos num catálogo sem mácula. É exatamente por isso que Araya, King, Hanneman e Lombardo são, há mais de três décadas, os porta-estandartes de tudo o que é hoje o som extremo. Do death ao black metal, são eles a referência maior, uma força unificadora num universo cada vez mais dividido por uma quantidade incontável de géneros e subgéneros. É precisamente esse sentimento de união, transversal a tantos estilos e gerações, que se vai materializar no próximo dia 5 de Junho quando os SLAYER, uma das bandas mais consensuais de sempre no espectro da música pesada, subirem ao palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

Quando os SLAYER editaram o terceiro álbum de estúdio, o influente Reign In Blood, a 7 de Outubro de 1986, já tinham gravado outros dois discos muito promissores, mas foi nesse preciso momento que se transformaram na lenda que são hoje. Pelo caminho, influenciaram tudo, ou quase tudo, o que foi feito em termos de música pesada desde então. Uma boa prova disso é que, tanto tempo depois, o álbum de 1986 continua a carregar o mesmo apelo animal que deixou tanta gente de queixo caído na altura em que foi lançado. É claro que, ao longo dos anos, muitos foram os músicos que tentaram recriar o génio e a perfeição contidos naquela contundente coleção de dez temas, mas nunca ninguém conseguiu chegar nem lá perto. E isso não é exatamente estranho; os próprios músicos perceberam rapidamente que nem valia a pena tentarem e, no disco seguinte, o South Of Heaven, trataram de colocar um pé no travão. Hoje, oito álbuns depois e já sem os elementos fundadores Jeff Hanneman e Dave Lombardo na formação, são definitivamente uma banda bem diferente, mas há uma coisa que ninguém lhes pode negar serão, para a eternidade, um dos nomes mais revolucionários, influentes, emblemáticos e resilientes saídos da música extrema.

Dúvidas restassem em relação à sua vitalidade, algo estranho se tivermos em conta o intocável fundo de catál É precisamente esse sentimento de união, transversal a tantos estilos e gerações, que se vai materializar no próximo dia 5 de Junho quando os SLAYER, uma das bandas mais consensuais de sempre no espectro da música pesada, subirem ao palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa.
Ver mais »

COMMEDIA A LA CARTE - CIRCUS

Teatro & Arte | Comédia 10 jun 2017 às 22:00 Senhoras e senhores, meninas e meninos bem-vindos ao maior espectáculo do mundo!
Talvez não seja o maior!
Nem possivelmente seja um espectáculo!
E para vos dizer a verdade nem sequer são bem-vindos.
Circus!
A digressão dos Commedia a la Carte que percorreu o país, tem agora a sua conclusão marcada nos Coliseus.
Cuspidores de fogo, homem bala, a mulher barbuda, trapezistas, malabaristas, ilusionistas, domadores de leões... Nada disto poderão ver!
Já palhaços, somos três!

Pam pararapam pam pam
Não perca, dia 10 de Junho no Coliseu de Lisboa.
Ver mais »

ANA CAROLINA - GRANDES SUCESSOS

Música & Festivais | Concerto 16 jun 2017 às 22:00 Considerada uma das maiores intérpretes da música brasileira e conhecida pela sua técnica e potência de voz, Ana Carolina apresenta o seu novo espetáculo Grandes Sucessos, com os principais êxitos dos seus mais de 15 anos de carreira, dia 16 de junho no Coliseu de Lisboa.
Cantora, compositora, arranjadora, produtora, instrumentista e musicista, Ana Carolina é uma das artistas mais completas e populares da música brasileira.
Os seus grooves, os seus violões, os seus versos inflamados traduzem a diversa alma musical de Ana Carolina.
O espetáculo Grandes Sucessos resume a carreira de uma das mais importantes artistas brasileiras, numa grande celebração com seu público que tem oportunidade de reviver todas as fases da sua trajetória.
Temas como É isso aí ; Quem de Nós dois; Garganta; Coração Selvagem; Pra Rua me Levar são alguns dos grandes êxitos da artista que farão parte deste espetáculo.
Ver mais »

ANTÓNIO ZAMBUJO - Até Pensei Que Fosse Minha

Música & Festivais | Concerto 24 jun 2017 às 21:30 Após esgotar por três noites consecutivas o Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, António Zambujo apresenta Até Pensei Que Fosse Minha nos Coliseus do Porto e Lisboa, a 16 e 24 de Junho, respectivamente. Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais.

Até Pensei Que Fosse Minha é o sétimo álbum de estúdio editado por António Zambujo, um disco especial, de tributo a Chico Buarque, que é agora apresentado ao vivo, numa digressão que, em paralelo às duas dezenas de concertos em Portugal, visita territórios internacionais, como Espanha, França, ou o Reino Unido, que o recebe, uma vez mais, em Londres.

A digressão começou no Brasil, no fim de 2016, com concertos no Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo, integrados pelos jornais O Globo e A Folha de São Paulo nos seus Top 10 de melhores concertos do ano. Em Portugal, Até Pensei Que Fosse Minha já chegou à marca de platina e mantém-se no top de discos mais vendidos desde o seu lançamento.
Ver mais »

WOODY ALLEN & HIS NEW ORLEANS JAZZ BAND

Música & Festivais | Jazz 04 jul 2017 às 21:30 Mais de uma década após o último concerto em Portugal, Woody Allen regressa na companhia da New Orleans Jazz Band para um concerto único no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, no dia 4 de Julho.

Utilizando um repertório superior a 1000 canções, Woody Allen vai escolhendo durante o concerto os temas que se sente inspirado a tocar, respeitando um atributo primordial do jazz que é o improviso. Com a ajuda de Eddy Davis, que toca banjo e é director musical da New Orleans Jazz Band, Woody Allen desafia o colectivo de músicos em palco e o público a acompanharem-no numa jam digna de um club de jazz nova-iorquino - como o The Carlyle, em Manhattan, onde tocam, desde 1996.
Ver mais »

BEN HARPER

Música & Festivais | Concerto 17 ago 2017 às 21:30 Ben Harper ao vivo num concerto exclusivo em Portugal

Dia 17 de agosto, numa apresentação única, a solo no Coliseu de Lisboa.

Ben Harper iniciou sua carreira em 1994 com a estreia do album Welcome To The Cruel World e ao longo de uma década e meia criou 14 álbuns estúdio.
Ao longo destes anos tornou-se num compositor e intérprete singularmente poderoso com uma vasta gama de géneros musicais.
Revistas como Rolling Stone elogiou Harper "jewels of unique and exquisitely tender rock
roll, while Entertainment Weekly praised his "casual profundity," e a Billboard "jewels of unique and exquisitely tender rock roll, while Entertainment Weekly praised his "casual profundity,".
Harper esgotou várias tours internacionais, vencedor de vários Grammy, TOP 10 nos Estados Unidos e tem no seu curriculo vários discos de Ouro e Platina.
Dia 17 de agosto Lisboa vai receber, pela primeira vez, o artista a solo numa apresentação única e exclusiva.
Ver mais »

O MUNDO DE SARA

Música & Festivais | Infantil 17 set 2017 às 15:00 Sara prepara-se para uma visita de estudo. Enquanto espera pelos seus amigos, Sara comenta com a avó tudo o que vai conhecer naquele dia.
Só que uma surpresa muito especial vai mudar os seus planos.
Com muita música e diversão, Sara e os seus amigos vivem aventuras fantásticas e inesquecíveis.
Junta-te a eles e vem conhecer, de perto, o Mundo da Sara.
Ver mais »

FERNANDINHO

Música & Festivais | Concerto 30 set 2017 às 20:00 Todo artista tem sua peculiaridade e em seus registros ele deixa sua identidade. A do cantor, compositor, produtor, pastor e também escritor Fernandinho vem da graça de Deus, que usa sua vida com músicas que têm impactado uma geração. Fernandinho iniciou sua carreira em 2001 quando gravou em estúdio o CD Formoso És, logo depois de lançar um CD da Segunda Igreja Batista de Campos, de onde é membro até hoje. Nesse trabalho foram incluídas três de suas primeiras composições e uma delas deu título ao CD "Somos Um". A partir de então suas letras surgiam de experiências e compartilhadas com a igreja em forma de canção. Em 2003, o CD Faz Chover é lançado e a música começa a ser cantada em todo o Brasil. Ela passou a ser marca do ministério do cantor por ter sido tão forte sua contribuição no meio do povo de Deus. A música Faz Chover teve sua versão em inglês cantada por Assíria Nascimento e pela Gravadora Kingsway da Inglaterra no álbum The Best of Worship Ever em 2011. O lançamento do CD Faz Chover aconteceu em um teatro. Com tudo bem produzido e planejado para aquela noite, o público foi muito maior que o esperado. Diante da situação sem controle, a direção do teatro pediu que o lançamento fosse repetido no dia seguinte, a fim de tranquilizar a multidão que aguardava para participar daquele grande momento. O DVD foi gravado em outubro de 2004, num espaço aberto e contou com milhares de pessoas. Ver mais »
1 | 2 | 3

Que espectáculos gostaria de ver no coliseu:

Responder
Agenda de Espectáculos
«maio de 2017»
sábdomsegterquaquisex
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
3456789

ApoioBOL

  185x 240px

 

Elza2

 

185

 

185

 

Anac2

 

185_240

Produzido por ETNAGA para Coliseu dos Recreios - Todos os Direitos Reservados

Principais Apoios:

BOL - Sistema de Gestão de Bilheteiras