Coliseu dos Recreios

Construção

Quatro empresários arrojados (o solicitador José Frederico Ciríaco, o professor de filosofia Pedro António Monteiro, o dono de armazéns António Caetano Macieira e o comerciante de carnes João Baptista G. de Ahneida), conceberam edificar o maior dos edifícios cobertos que houvesse no mundo no campo dos espectáculos, e cuja lotação ultrapassaria os 4.000 lugares.

A partir de 1888, os custos da construção original enormes! foram necessariamente cobertos com recurso a uma subscrição pública. Tão grande era a vontade dos quatro elementos promotores e tão grande o entusiasmo que nos demais interessados souberam criar, que conseguiram recolher o montante suficiente. Até o Rei se tomou accionista. Então, para uma obra tão ousada, entre os técnicos foram seleccionados os mais competentes: pai e filho Francisco Goulard (engenheiros franceses) e Frederico Ressano Garcia (o engenheiro português), o mestre M. Gouveia Júnior e o Eng. Xavier Cordeiro. Na fase final, foi dada rédea livre ao maior dos cenógrafos lisboetas, Eduardo Machado, para que procedesse a uma decoração em beleza e pusesse a funcionar o palco. Com 40 m de profundidade, 18 de largura, uma teia em madeira e maquinismos manuais.

Sobre um octógono em alvenaria foi colocada a cúpula, à maneira de uma parábola cúbica com lanterna de 8 m de diâmetro, maior de todas as demais na terra, com raios de 25 m, um diâmetro de 48,68 m e o peso de 100 toneladas, sendo importada directamente de Berlim.

Que espectáculos gostaria de ver no coliseu:

Responder
Agenda de Espectáculos
«novembro de 2019»
sábdomsegterquaquisex
2627282930311
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30123456

Circo 2019 Site Coliseu

 

 Madonna 185 Novas 

 

185 Superbock

 

185 Barbichas

Produzido por ETNAGA para Coliseu dos Recreios - Todos os Direitos Reservados

Principais Apoios:

BOL - Sistema de Gestão de Bilheteiras
 

Circo Ultima