Coliseu dos Recreios

Melhoramentos

O Coliseu vinha, desde há muito, necessitando de obras de remodelação, algumas das quais com, carácter de urgência. Essas obras trouxeram ao Coliseu várias modificações. A mais importante das quais diz respeito à segurança e consistiu na substituição de toda a instalação eléctrica , incluindo um sistema de alarme contra incêndios. Mais visíveis foram as modificações do aspecto de várias zonas do edifício.

Assim, toda a fachada foi lavada e pintada; os portões gradeados foram substituídos por portas de vidro; as dimensões totais do átrio foram aumentadas à custa de recuo da zona das bilheteiras para o espaço anteriormente ocupado pelo escritório da empresa, agora, por sua vez, deslocado para outro local; ainda no átrio, foi colocado um ascensor, cuja utilidade se torna desnecessário sublinhar; o busto de Ricardo Covões, que se encontrava na parte posterior do átrio, encostado às bilheteiras, foi colocado junto da entrada principal, entre esta e a caixa do ascensor; ao bar do 1º andar foi dado um aspecto moderno e confortável. Na sala de espectáculos, a modificação mais sensível foi a que incidiu na geral e na geral reservada, que deixaram de ser constituídas por degraus, cada um deles abrangendo, sem descontinuidade, todo o espaço compreendido entre a entrada central da sala e a extremidade da geral reservada, já vizinha do proscénio. Esta estrutura das duas gerais foi substancialmente alterada, passando haver locais individuais em cadeiras conforme a disposição da sala nos vários espectáculos realizados nesta grandiosa sala de espectáculos. Foi suprimido o varandim colocado sobre a entrada central para a plateia e gerais. No tecto da sala foi colocado um grande globo central, rodeado por outros ao longo de duas circunferências concêntricas. Também na parte alta da sala foi instalado um sistema de anteparos, destinado a melhorar as condições acústicas. Ligando as duas zonas da varanda mais próxima do palco foi colocada uma ponte metálica para instalação do sistema de iluminação da cena. A cor dominante da sala passou a ser o cinzento, avivado aqui e ali com cor azul, em substituição da cor predominante anterior, que era um vermelho acastanhado. Na zona do palco as modificações foram acentuadas, entre essas modificações contam-se as que dizem respeito aos camarins, que eram impróprios e que agora têm óptimas condições de higiene e comodidade.

Concluídas as obras em Fevereiro de 1994, o Coliseu foi reaberto em 26 do mesmo mês com um concerto que assinalou o início dos acontecimentos culturais da “Lisboa 94” e em que o maestro Georg Solti dirigiu a Orquestra Sinfónica de Londres na execução do Concerto n.º 5 de Beethoven.

Que espectáculos gostaria de ver no coliseu:

Responder
Agenda de Espectáculos
«janeiro de 2019»
sábdomsegterquaquisex
2930311234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678

 Ana Vitoria

 

Gal Costa

 

Joan

 

Nespera

 

Cuca

 

C 4 Pedro

Produzido por ETNAGA para Coliseu dos Recreios - Todos os Direitos Reservados

Principais Apoios:

BOL - Sistema de Gestão de Bilheteiras